Look da Narda: vestido étnico com bota

Os vestidos são a cara dos dias mais quentes, né? Mas não é por isso que a gente deve deixá-los no armário quando a temperatura cai. Sou super a favor de adaptar as peças do guarda roupa, o máximo que der, em todas as estações. Quando o clima fica mais friozinho, adoro combinar vestidos com botinhas. Aproveitei a frente fria que chegou por aqui esse fim de semana pra usar esse look:

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

Fiquei apaixonada por esse vestido desde que vi no press day da C&A (mostrei tudo aqui). O tecido macio, os detalhes no decote e costas, e a padronagem ganharam meu coração logo de cara. A estampa étnica é tendência já há algumas temporadas. Gostei muito dessa em preto & branco por não ficar “datada”, sabe? Dá pra usar por muitas estações!

looknarda_vestido_etnico_04-brinco

O brinco (também da marca) comprei um bom atrás, num dia lindo em que peguei vááários brincos remarcados! rs. Amo ele de paixão, por ter uns traços meio art déco. Acho que orna super bem com o vestido, por ambos terem essa “vibe” mais geométrica.

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

A bolsa é uma paixão antiga. Teve uma época em que eu tinha que me controlar pra não usa-la todo dia! rs. Acho que as franjas dão um “up” no visual, sem deixar carregado. Gosto bastante de usar um acessório, como esse, quando acho que o look está básico demais. :)

looknarda_vestido_etnico_05-detalhe

Como se não bastasse a estampa desse vestido – na minha opinião – ser linda, ele ainda tem esses detalhes que deixam a peça ainda mais amor eterno, amor verdadeiro: tirinhas em zig zag no decote, pra dar um charme a mais, e as costas transparentes por conta do tecido em chiffon, aquele #sexysemservulgar na medida! rs

looknarda_vestido_etnico_07-detalhe

Nos pés, botinha de cano curto na altura do tornozelo pra deixar os pés quentinhos nos dias frios, além de dar um contraponto mais pesado pra delicadeza do vestido. Adoro fazer esse tipo de hi-lo nos looks! <3

looknarda_vestido_etnico_06-bota_spikes

Vestido: C&A
Cardigan: Luigi Bertolli
Bolsa: ASOS
Brincos: C&A
Anéis: Forever 21
Bota: Bottero

Gostaram do look? Me contem aí! ;)

 

Fotos: Maiara Maria (detalhes) e Hi-Lo Blog

Batalha de Beleza: mousse de limpeza Anna Pegova x Active O Boticário

Tenho testado a um tempinho uns produtos de beleza para contar para vocês aqui o que tenho achado. Sou mega preguiçosa para cuidar da pele (confesso), então sou daquelas que tiro esse momento no banho. Se puder fazer tudo no banheiro, prefiro! Hidratante? Prefiro os de banho. Lavar o rosto e tirar a maquiagem? Debaixo do chuveiro! Por isso, hoje vim contar para vocês o que achei de dois produtos similares: o Mousse Nettoyante au Thé Vert et a la Verveine da Anna Pegova e o Mousse de Limpeza Purificante Active de O Boticário.

active-mousse-limpeza-purificante-Boticário-nettoyante-vert-verveineAnna-Pegova

Os produtos tem um tipo de frasco semelhante: o líquido se transforma em espuma/mousse ao passar pelo pump. O da Anna Pegova ganha em 25ml de conteúdo, em compensação o pump é bem duro. Precisa dar umas 3 “bombadas” pra sair uma quantidade boa pra lavar o rosto. Não sei se é por essa razão que ele demorou TANTO para acabar. O de O Boticário comecei a usar não tem muito tempo, mas a sensação que tenho é que ele vai durar menos.

A fragrância é um aspecto particular. Pra umas, o cheiro acentuado de chá verde (que é antioxidante, tonificante e suavizante) e verbena (ação purificante e refrescante) do produto da Anna Pegova pode agradar mais, mas para outras o de O Boticário talvez seja melhor por ser um aroma bem discreto e suave. O mousse da Anna Pegova traz uma sensação de refrescância mais intensa, por conta da verbena. Você passa e já sente um frescor no rosto, sabe? Não que o de O Boticário não dê, mas no caso do primeiro é mais perceptível.

Uma coisa que, pra mim, o de O Boticário ganha em disparado: a embalagem. Além do pump mais fácil de usar, como disse, a caixa tem a composição do produto (o que – absurdamente – o da Anna Pegova não tem. Tentei até saber pelo SAC deles o que tinha no produto e eles não souberam informar, acreditam?). Isso é um aspecto mega importante pra quem é alérgica a cosméticos, como eu. Além disso, no Active você tem a opção de comprar o refil. Ou seja, nada de ficar jogando a embalagem fora à toa (o meio ambiente agradece <3).

E o preço? Bom, enquanto o da Anna Pegova está na casa dos 100 reais, o de o Boticário você consegue comprar o produto + refil e ainda sobra troco! rs.

Pra mim, o de O Boticário atende melhor. Por mais que em questões de durabilidade e de refrescância o da Anna Pegova ganhe, no final do dia o resultado com o uso dos produtos é bem similar. Ambos ajudam na remoção de impurezas, poluição e maquiagem, além de deixar a pele macia. Acho que é muito gosto pessoal e disponibilidade de investimento $$$ rs. Quem procura um produto que funcione mais como cosmético por conta das propriedades da composição, a melhor opção é o da Anna Pegova. Mas para quem procura um produto apenas para fazer a limpeza diária da pele, o de O Boticário talvez tenha um melhor custo x benefício.

Gostaram desse post?
Me contem ai nos comentários se vocês já usaram algum desses produtos ou se tem alguma outra dica pra compartilhar ;)

Primavera/Verão 2016 Marisa – coleção e desfile

Prometi que não ia mais ficar falando de moda por aqui, mas é dificil! rs. Principalmente com esses eventos de preview que as marcas fazem. Semana passada foi o lançamento da coleção Primavera/Verão 2016 da Marisa. As peças foram mostradas em um super desfile. Escolhi meus looks preferidos pra mostrar as tendências pra vocês:

primavera-verão-marisa-2016-desfile

moda dos anos 70, definitivamente, vai voltar a bombar na próxima estação! Já tinha falado sobre isso quando fui conferir o preview da Renner, e na Marisa as referências dessa década também estão super presentes na coleção. Na linha mais jovem, o tema Festival chega cheio de peças em suede (camurça fake), franjas e referências boho. O vestido é uma das minhas peças preferidas e o shortinho jeans hot pants já está no meu armário! rs

primavera-verão-marisa-2016-festival

Para as mulheres que curtem uma moda mais casual, o tema Porto traz a silhueta dos anos 70 em calças de modelagem flare, saias jeans com botões na frente (hit da temporada!), batas e decote ciganinha (aquele de ombro à ombro). A linha também traz um modelo lindo de macacão jeans, que me deu até vontade de voltar a usar.

primavera-verão-marisa-2016-porto

Para as mulheres mais antenadas, o tema Oriental traz referências do minimalismo, em shapes limpos e cores clássicas como preto e branco, além de toques de cor com o laranja (#minhacorpreferida) e azul. Eu simplesmente AMEI o look da esquerda com a blusa sem manga e a saia listrada. E o styling com o tenis branco (um Adidas Stan Smith, que vai ser assunto para um próximo post! Ó lá eu já prometendo post de moda de novo rs), deixou o look ainda mais urbano… e a minha cara! Quero sair assim amanhã! <3

primavera-verão-marisa-2016-oriente

Looks total jeans? Tem também! Adorei as peças desfiladas, super atuais! A blusa de alcinha com corte evasê, calça de cintura alta com rasgado no joelho e uma nova modelagem pro vestido de corte A, com mangas maxi (ótimo pras brasileiras que geralmente tem os ombros mais estreitos que os quadris) foram as minhas peças preferidas dessa tendência.

primavera-verão-marisa-2016-jeans

A coleção já está nas lojas desde a semana aqui em SP e a partir de hoje, dia 6, nas lojas de todo o Brasil.

Gostaram das peças? Me contem ai nos comentários!

 

Fotos: Ilana Bar